Durante a reunião da Câmara Municipal de segunda-feira (18), João Luís da Silveira fez uso da ?Tribuna do Povo?. Ele falou sobre a disponibilização de estatutos das Associações de Bairro, partidos políticos e prestação de contas dos poderes Executivo e Legislativo nas bibliotecas públicas do município.
João Luís contou que pediu o apoio ao vereador José Gilmar Furtado (Mazinho/DEM) para colocar o trabalho em prática. ?Teve pessoas que tentaram me desanimar, pois isso gera gastos. Tive o apoio de escolas e de entidades religiosas. As pessoas cobram prestação de contas da Prefeitura, cobram os estatutos das Associações de Bairro. Quero deixar registrada aqui a minha indignação em relação à Secretaria de Desenvolvimento Humano, pois já estive lá três vezes para protocolar pedidos que foram negados a mim, De acordo com o artigo 199 da Lei Orgânica, qualquer cidadão tem o direito ao acesso a documentos referente à administração pública e tem o artigo 86 também, que fala a gente deve procurar ou a secretaria ou a Câmara?, contou João Luís.

Comentários
COMPATILHAR: