Empresa pública alinhada às diretrizes estratégicas do Governo do Estado de Minas Gerais, a Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig) acaba de lançar o Edital de Seleção de Investimentos. O objetivo é selecionar oportunidades de investimento em Fundos de Investimento em Direitos Creditórios (FIDCs) — um tipo de aplicação em que a maior parte dos recursos é destinada à aquisição de direitos creditórios, ou seja, oriundos dos créditos que uma empresa tem a receber.

As propostas deverão estar alinhadas ao planejamento estratégico da Companhia, colaborando para reduzir a percepção do risco de crédito de empresas mineiras atuantes em segmentos estratégicos. Por meio do Edital, gestores estão convidados a manifestar interesse na constituição do FIDC para receber investimento da Codemig, que participará por meio de aporte para aquisição de cotas. Ao todo, a Companhia planeja investir R$50 milhões em cotas subordinadas. O tempo de duração do Fundo será de 36 meses.

O Edital está disponível, gratuitamente, no site. Quem preferir pode obter o documento na sede da Codemig (Rua Manaus, 467, bairro Santa Efigênia, Belo Horizonte), junto à Comissão Permanente de Licitação, de 9h às 12h e de 14h às 17h, mediante pagamento de R$30, para cobrir os custos com sua reprodução. Os envelopes contendo a documentação para seleção serão recebidos até o dia 21, às 9h, e serão abertos em sessão pública nesse mesmo horário, na sala de licitações da Codemig.

 

De acordo com o edital, o objeto da seleção consiste na análise de proposta de investimento mais vantajosa, conforme ações estratégicas de desenvolvimento traçadas pelo Governo do Estado, para aquisição pela Codemig de cotas de FIDC voltado para empresas participantes de Arranjos Produtivos Locais (APLs, aglomerações produtivas horizontais de uma cadeia de produção de determinada região do Estado, tendo como principal característica o vínculo entre empresas e instituições públicas ou privadas, entre as quais se estabeleçam sinergias e relações de cooperação).

Segov

Comentários