A conquista da Libertadores pela Globo, da forma que aconteceu e por todo o empenho demonstrado, na prática também veio demonstrar que a sua disposição em disputar os mais atraentes direitos esportivos voltou a ser a mesma do passado.

Ou, pelo menos, nada que lembre a postura adotada em 2020, quando abandonou a competição no meio, por não chegar a um acordo de redução de valores com a Conmebol.

E, também, uma revelação de que, internamente a sua área de direitos e a financeira, à época em conflito, voltaram a falar a mesma língua.

Agora, com a Libertadores no alto do pódio e página virada, entra em jogo a renovação da Copa do Brasil e, de modo muito especial, o Campeonato Brasileiro, de 2024 em diante, considerado a joia da coroa pela quantidade de datas e geração de audiência.

O Brasileirão possibilita a construção de uma grade consistente, capaz de formar no telespectador o famoso hábito, desde lá detrás preconizado pelo Boni.

Daí as atenções e o acompanhamento bem de perto, passo a passo na criação da Liga dos Clubes.

No fundo, no fundo, a conclusão é a mesma de sempre: TV se faz com bons produtos, eficientes e que muitas vezes custam caro, para desespero de uma galera que só se preocupa em preencher planilhas.

 

Guarda isso

 

Que a Band, desde já, comece a colocar as suas barbas de molho. Se existem pretensões de continuar com a Fórmula 1 nas próximas temporadas, é bom dispensar ao produto a maior e melhor das atenções. Agradar, principalmente, aos seus patrocinadores. Quem avisa, amigo é.

 

Tem uma conta

 

Os detentores de grandes direitos, além do apetite em levantar os maiores valores possíveis, também levam muito em consideração a audiência.

E, com ela, possibilitar uma maior exposição dos seus patrocinadores. Na Fórmula 1, por exemplo, Rolex e companhia bela.

 

Por outro lado

 

Algumas pessoas mais presentes ao dia a dia do esporte da Globo, que acompanham com maior proximidade o desenrolar dos acontecimentos, entendem que a Copa do Catar será o fim de um ciclo e início de outro.

Isto em se tratando Globo e SporTV.

 

Linha divisória

 

Já de algum tempo, ainda de acordo com essas mesmas pessoas, as próprias medidas tomadas, entre elas escalas e etc., passaram a deixar muito claro o que virá por aí.

Nada ficará restrito a apenas o pendurar de chuteiras do Galvão Bueno.

 

Em questão

 

A Copa do Catar, segundo levantamentos feitos, terá um custo muito maior que a última, na Rússia. Desta vez, acredita-se, a Globo não será tão exagerada.

No caso dos narradores, por exemplo, o pensamento é fazer só o essencial de lá.

 

 

Observação

 

Essa santa coluna fez questão de acompanhar: São Paulo e Juventude, quinta passa, tinham só três rádios no estádio: Transamérica, Bandeirantes e BandNews FM. Jogo em Barueri.

Acontece que o delay na transmissão da Amazon Prime Vídeo, pra quem foi de tubo, era de quase um minuto. Olha a maluquice que aconteceu.

 

 

Curiosidade

 

Em “Travessia”, substituta de “Pantanal”, Gloria Perez trará de volta alguns personagens que fizeram sucesso em “Salve Jorge”. Assim, Giovanna Antonelli e Alexandre Nero repetirão os papéis de delegada Helô e Stênio.

Agora, um detalhe: sabe quem fazia a Drika, filha do casal? Mariana Rios, nova contratada da Record.

 

 Pela ordem

 

Antes de se entregar totalmente aos trabalhos do “Ilha Record”, especialmente as suas gravações, Mariana Rios está na reta final de um filme no Rio.

Só não há maiores detalhes sobre ele, porque existe o compromisso da confidencialidade.

 

Transição

 

Amigos próximos à jornalista e apresentadora Michelle Barros, que pediu demissão da Globo após 12 anos de casa, apostam que ela não ficará muito tempo longe do vídeo.

E que seu próximo trabalho será marcado também por uma mudança de área, do jornalismo para o entretenimento.

 

Dois tempos

 

Leandro Lima, peão Levi em “Pantanal”, tem se dividido entre a reta final de gravações da novela no Mato Grosso do Sul e o encerramento das filmagens de “A Cerca”. O longa também é um trabalho de Rogério Gomes, o Papinha.

O personagem Levi agora ganha mais espaço na trama, em função do envolvimento com Muda (Bella Campos).

 

Não desistiu  

 

A propósito de Bella Campos, ela havia sido escolhida para protagonizar “Malhação: Transformação”. Ficou na maior expectativa, mas, aí, a Globo resolveu acabar com a faixa de novelas dedicada ao público jovem.

Bella não desanimou. Fez vários outros testes na casa e conseguiu essa oportunidade em “Pantanal”.

 

Filme do Leonardo 

 

A parceria Media Bridge, Buena Vista e Paris Filmes não desistiu de produzir um filme sobre a vida do cantor Leonardo – “Não Aprendi Dizer Adeus”.

Mauro Lima continua nos planos para a direção e já existe até um elenco sugerido: Bruno Gagliasso – Leonardo, Marco Pigossi – Leandro, além de Felipe Camargo, Débora Nascimento e Isis Valverde.

 

Estreia

 

Mariana Ximenes integra o elenco de “A Favorita”, novela de João Emanuel Carneiro que será reexibida pela primeira vez na TV aberta, em “Vale a Pena Ver de Novo”, a partir de hoje. Lara, sua personagem, enfrenta um grande conflito para descobrir qual de suas mães fala a verdade em relação ao assassinato de seu pai.

Foi criada por Donatela (Claudia Raia), mas é filha biológica de Flora (Patrícia Pillar).

 

Bate – Rebate

 

 

  • Depois de ser trilha com a versão acústica de “Believe”, da Cher, em “Quanto Mais Vida, Melhor!”, a cantora Jade Baraldo emplacou seu novo single, “Desapaixonar”, em “Pantanal”, como tema da personagem Guta (Julia Dalavia).

 

  • Karine Alves agora tem participação fixa no “Hoje”, do César Tralli e da Globo, com as notícias do esporte.
  • Semana deve começar agitada na Rede TV!. Decisões, que não podem mais esperar, devem ser tomadas.
  • Na terça da semana que vem, o “Profissão Repórter”, da Globo, terá como tema “Profissão Perigo”…
  • … Claro que tudo a ver com a novela “Cara e Coragem”, sobre o universo dos dublês, que vai entrar no ar dia 30.
  • Luís Duran, que comandava a HBO na América Latina, teve a sua saída anunciada…
  • … Bastante ativo nas redes sociais, ele sempre foi acompanhado de perto por boa parte dos assinantes brasileiros do streaming.
  • Confirmando: Gilberto Gil será o entrevistado do “Roda Viva”, nesta segunda, 22h, na TV Cultura. Apresentação de Vera Magalhães.
  • Na Globo, a novela de Duca Rachid e Júlio Fischer já está devidamente aprovada e confirmada na fila das 18h…
  • … Segundo a ordem estabelecida, será a sucessora de “Mar do Sertão”.

C´est fini

Nany People está se virando nos 30 para dar conta de tantos compromissos. Ela, atualmente, viaja por todo o Brasil com o espetáculo “Nany é Pop – Tisunany”, grava o programa de Marcos Mion na Globo e acaba de receber convite do diretor Hsu Chien para dois longas, a serem rodados em Fortaleza e Porto Alegre. Fabiana Karla, Danielle Winits, Evelyn Castro e Estevam Nabote também participarão desses filmes.

Comentários