O ambiente no esporte da Globo, por causa da lista da Copa do Mundo, anda meio diferente.

Sempre existiu um papo que os nomes escolhidos seriam conhecidos em maio, só que até agora nada, embora nos interiores se fale que, quem vai, já sabe.

E que de alguma forma foi informado, porque um trabalho desta natureza, de tamanha grandeza, envolve uma série de providências que devem ser tomadas antecipadamente. Tanto por parte da empresa quanto das próprias pessoas.

Passagens e documentação são algumas delas.

Por outro lado, há, internamente, um cuidado em torno desse assunto, porque a divulgação dos nomes escolhidos poderá ser decisiva ou vir a ter enorme significado em relação ao futuro.

E um momento delicado como o de agora, passa a exigir da chefia esforços e cuidados redobrados no trato das questões, a começar por um contato mais direto com os seus comandados. Também trocar um pouco mais o expediente do Jardim Botânico pela sede do departamento na Barra, administrar divisórias entre Globo e SporTV, igualar mais o trato e, na medida do possível, também dispensar mais atenção às praças.

Por aí, pode ser um caminhar um pouco mais sereno.

 

 

Preocupação

 

Já foi anunciado que, após a saída ou parada do Galvão Bueno, o “Bem, Amigos!” vai acabar. De fato, por ser uma expressão dele, não teria muito sentido continuar.

O problema é que nada será colocado no lugar dele. Talvez o “Troca de Passes” e olhe lá.

Esperança

O que deixa o pessoal do SporTV mais animado é que novo presidente-executivo dos canais Globo, Paulo Marinho, foi formado na Pay-TV, com anos de Globosat.

E trabalhou por muito tempo ao lado de pessoas como Alberto Pecegueiro. Sabe das coisas. Com certeza, não vai deixar cair.

Voo nas alturas

Até agora nada de Copa do Brasil. O processo da nova licitação dos direitos de transmissão, pelos próximos 4 anos, parou e não voltou a andar.

Nos bastidores se fala que a CBF vai pedir em torno de R$ 700 mi. A Globo, atual detentora, pagou R$ 340 mi. Também tem aquela, pedir é uma coisa, fechar…

 

Gravando

 

A Globo e a produtora Gullane Entretenimento estão tocando em São Paulo os trabalhos das próximas temporadas da série “As Five”, com o diretor Fabricio Mamberti à frente das equipes.

As gravações da terceira temporada, que deve ser a última, já começaram.

 

Edição especial

 

O Teleton, neste 2022, vai completar 25 anos de realização no Brasil. O programa será levado ao ar nos dias 4 e 5 de novembro, com Eliana e Daniel como padrinhos, Maisa Silva e Celso Portiolli no digital.

 

Teatro

 

Depois de algumas semanas a serviço das primeiras gravações de “Mar do Sertão” na região Nordeste, Sérgio Guizé, um dos protagonistas, volta suas atenções para São Paulo.

Especialmente para a estreia de sua mulher, Bianca Bin, dia 17, no Teatro FAAP, com o espetáculo “Jardim de Inverno”.

 

Não rolou

 

Um dos primeiros nomes confirmados na série “O Jogo Que Mudou a História”, produção do Globoplay, o ex-jogador Edmundo desistiu de participar.

“Eu acabei não conseguindo ir nas gravações”, explicou à coluna.

 

Pensa que é fácil

A cena da morte de Levi (Leandro Lima) em “Pantanal”, exibida na última segunda-feira (13), levou mais de quatro horas de gravação e movimentou cerca de 30 profissionais nos bastidores. No ar, a sequência não passou de sete minutos.

 

 C´est fini

“Mar do Sertão”, nova novela das seis da Globo, ainda não disparou as gravações em estúdio no Rio de Janeiro.

Mas as externas já começaram.

 

 

Comentários
COMPATILHAR: