A indústria brasileira de audiovisual passou a sofrer transformações, muito por causa dos serviços de streaming, que identificaram rapidamente a necessidade de elaborar conteúdo nacional, com a cara do Brasil.

Uma dessas provas é a maior facilidade que as produções e os produtores nacionais passaram a encontrar para se colocar e serem assistidos lá fora.

Há um reconhecimento.

Para exemplificar pode ser citado o filme “Tudo bem no Natal que vem”, escrito por Paulo Cursino e protagonizado por Leandro Hassum, e que ficou um bom período entre os mais assistidos no mundo pela Netflix.

Esse foi um caso que chamou atenção. Que outros tantos venham a existir e alcancem a mesma repercussão. E,  quem sabe, com isso, condições também venham a existir para quebrar certos tabus.

Os filmes brasileiros e em consequência os seus atores, diferentemente das novelas, sempre encontraram dificuldades para se colocar nas grandes premiações cinematográficas. “O Pagador de Promessas”, em Cannes, há mais de 50 anos, ganhando a “Palma de Ouro”, foi uma das exceções.

Outra, Fernanda Montenegro, que chegou bem perto de levar o Oscar, com “Central do Brasil”. Agora temos o sucesso de Wagner Moura.

É a hora de virar esse jogo. O intercâmbio criativo, já em prática, poderá vir a ser muito mais útil daqui em diante.

 

É do jogo

 

A CNN Brasil, ontem, em seus telejornais mostrou os gols da Copa do Brasil, partidas realizadas na quarta-feira.

Até aí, normal. A cessão de imagens sempre existiu, existe e é perfeitamente natural entre as TVs.

 

Mas presta atenção

 

O problema é que nos lances apresentados pela CNN Brasil, no alto da tela apareceu “imagens: TV Band”.  Impossível.

A Band não tem os direitos da Copa do Brasil. É a Globo.

 

Falta de jeito

 

De uns tempos para cá, cresceram demais as queixas dos integrantes do esporte da Globo, com algumas decisões tomadas lá dentro.

Curioso é que o diretor Renato Ribeiro é preservado das críticas, mas sobram reclamações com a falta de jeito do pessoal abaixo dele.

 

Por exemplo

 

Internamente, estão em curso na Globo os preparativos para a transmissão da Copa do Mundo, com tudo que diz respeito ao trabalho que será feito no Catar.

Já existe uma escalação daqueles que vão, mas é curioso como nenhuma satisfação é dada aos que não irão. Entre eles, profissionais com muito tempo de casa e que há anos foram e ainda são importantes na construção da história do esporte da emissora. Nem aí pra eles. Tem muita gente aborrecida.

 

Cadeira vazia

 

Após a saída da Juliana Algañaraz, a Rede TV! não tem ninguém cuidando do seu Artístico. Ainda.

Pesquisas estão sendo feitas para se chegar ao nome possível e ideal. Por enquanto, Celso Tavares continua à frente da Programação, como já estava, assim como Roberto Martins na Produção.

 

Tá no vazio

 

Depois de perder o repórter Flávio Ortega, setorista do Corinthians, a ESPN ficou sem cobertura fixa dos dois principais times paulistas na Libertadores em jogo.

Bibiana Bolson, que antes cobria o Palmeiras, saiu faz tempo. Ninguém até agora no lugar deles.

 

Reflexos – 1

 

Algumas observações sobre o “Primeiro Jornal” e a integração com outros canais do Grupo Bandeirantes. O informativo perdeu quinze minutos, começando agora às 4h.

Passou a ser transmitido dos estúdios do BandNewsTV – antes era do principal da Band, o mesmo do “Jornal da Band”, “Brasil Urgente”, “Bora Brasil”, “Boa Tarde, São Paulo” e outros…

 

Reflexos – 2

 

Diante dessas mudanças para os estúdios do BandNewsTV, o “Primeiro Jornal” agora tem uma equipe bem menor no switcher. E também não tem mais operadores. As câmeras são robóticas e fixas, como em toda a programação do BandNewsTV.

 

Cinemateca

 

A reabertura de um dos espaços mais importantes do audiovisual brasileiro, a Cinemateca, em SP, ganha destaque no “Metrópolis” desta sexta, às 19h20, na TV Cultura.

Dira Paes, atualmente em “Pantanal”, também participa do programa.

 

É hoje

 

Nesta sexta-feira (13), a Conmebol deve apresentar o último capítulo da novela Libertadores e Sul-Americana, anunciando quais serão os donos dos seus direitos de transmissão entre 2023-2026.

Curioso também para saber por que demoram tanto para decidir.

 

Cinema

 

Fernanda Paes Leme, Maria Flor, Micheli Machado e Priscila Assum, as protagonistas de “Quatro Amigas Numa Fria”, irão participar de duas sessões de lançamento do filme.

A primeira, dia 16, segunda, no Rio, e a outra, na terça, 17, em São Paulo.

 

Band – 55 anos

Fausto Silva vai receber no seu “churrascão” desta sexta-feira, na parte musical, Lexa e Marcos & Belutti.

Ana Paula Padrão e Rodolfo Schneider também participam, para falar do “MasterChef” e dos 55 anos da Band TV, completados hoje.

 

Hora do Faro

 

Sheila Mello fará uma participação no “Vai Dar Namoro/Dança Gatinho” deste domingo, ao lado de Rodrigo Faro.

O programa vai prestar uma homenagem ao cantor canadense Shawn Mendes.

 

Bate – Rebate

 

  • Em sua volta, o programa da Miriam Leitão na GloboNews, que prometia “novidades”, ficou igual ao que sempre foi. Uma entrevista e só.
  • O ator Pedro Wagner, de “Irmandade”, da Netflix, entrou para o elenco de “O Jogo Que Mudou a História”…
  • … Vai ficar com o personagem Amarildo, presidente da Associação de Moradores de Vigário Geral…
  • … Também gravam a série Vanessa Giácomo, Talita Younann, entre muitos outros. Produção da Globoplay e Afroreggae.
  • No “Vou Te Contar”, na Rede TV!, Claudete Troiano visita a cidade de São Roque e mostra a fabricação de vinhos e uma casa de doces portugueses.
  • A propósito, a Rede TV! vai transmitir com exclusividade na TV aberta o campeonato feminino de Free Fire “Copa da Patroa”, um lançamento que terá como madrinha a cantora Anitta…
  • … A 1ª fase da competição acontecerá nos dias 28 e 29 de maio e 4 e 5 de junho.
  • No “Antenados” da rádio Bandeirantes, neste sábado, às 22h, Danilo Gobatto recebe Lucinha Lins e Bárbara Bruno, do espetáculo “As Meninas Velhas”, em cartaz no Teatro Itália Bandeirantes-SP.
  • O canal Viva parece que deixou um pouco de lado a iniciativa de produzir remakes de programas…
  • … Tem se dedicado muito mais às reprises, que sempre foram o seu negócio. Os resultados, naturalmente, continuam muito bons.

C´est fini

 Ontem, a Globo informou que, a partir de julho, Christiane Pelajo irá assumir o “Conexão GloboNews”, no lugar de José Roberto Burnier, que já está com o “SPTV 2ª edição”. E ainda fez questão de destacar que ela “é uma das fundadoras da GloboNews”.

Julia Duailibi e Tiago Eltz irão comandar um novo jornal, das 16h às 18h.

Comentários