O Ministério Público de Minas Gerais divulgou o balanço parcial da segunda fase da “Operação Ir e Vir”, que investiga a eficiência e a segurança na prestação de serviço pelas empresas do transporte coletivo de Uberlândia. De acordo com o MP, 24 ônibus foram autuados por irregularidades, sendo que, destes, seis foram interditados. Foram registradas 13 autuações e três interdições referentes a veículos da Autotrans e 11 autuações e três interdições relacionadas à empresa São Miguel. Os interditados foram retirados de circulação. (Diário de Uberlândia)

 

Nanuque gasta R$ 1.7 milhão em tapa buraco

A Prefeitura Municipal de Nanuque gastou nos últimos meses, conforme o Portal da Transparência, mais de R$ 1.700.000,00 em operações tapa-buracos. Apesar do gasto astronômico, a sensação é de que o dinheiro vazou pelo ralo e não surtiu o efeito desejado pelos munícipes. A cidade está tomada por um piso disforme colocando motoristas e pedestres ao risco de acidentes. Do montante, R$1.420.000,00 já foi quitado e há R$ 300.000,00 empenhados, que deverão ser pagos em pouco tempo. (Em Tempo – Nanuque)

 

Formiga faz Cadastro Único Itinerante

Nesta sexta-feira, 26 de maio, será realizado o “Cadastro Único Itinerante”, uma parceria entre a Secretaria de Desenvolvimento Humano e o projeto Obras Sociais do Bairro Água Vermelha. Na oportunidade, os moradores dos bairros Água Vermelha, Nossa Senhora Aparecida e região poderão se inscrever no Cadastro Único do Governo Federal ou atualizar seus dados no sistema. Os atendimentos serão realizados na parte da manhã, a partir das 8 horas, na sede das Obras Sociais, que é popularmente conhecida como “Barracão da Associação”. (O Pergaminho – Formiga)

 

Unimontes completa 61 anos

A Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes) comemora nesta semana 61 anos de implantação do ensino superior no Norte de Minas. A Unimontes resulta da transformação da Fundação Norte Mineira de Ensino Superior, criada por meio da Lei Estadual 2.615, de 24 de maio de 1962. Mantida pelo Governo do Estado, a Universidade oferece ensino gratuito, com 11 campi nas regiões Norte de Minas, Noroeste do estado e Vale do Jequitinhonha, além dos cursos do campus-sede. O reitor da Unimontes, professor Wagner de Paulo Santiago, ressalta a importância da comemoração do aniversário da instituição e destaca o empenho dos integrantes da comunidade acadêmica para a melhoria constante das atividades de ensino, pesquisa extensão e da prestação de serviços à população. (Gazeta Norte Mineira – Montes Claros)

 

Programa aprova 112 projetos em Poços de Caldas

A Comissão Municipal de Patrocínio – Projetos Esportivos divulgou o resultado dos projetos aprovados conforme o edital de chamada pública da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer. Ao todo, foram aprovados 112 projetos, divididos nas seguintes categorias: produção e realização de eventos e transmissões, campeonatos esportivos, provas ou jogos; atendimento de crianças, jovens, adultos e idosos, com atividades relacionadas à prática esportiva, atividade física, lazer ou com o esporte em geral e outros. (Jornal da Mantiqueira – Poços de Caldas)

 

Emendas impositivas reajustadas em Divinópolis

Os vereadores de Divinópolis aprovaram, na última quinta-feira, em 1º turno, a proposta para aumentar o valor das emendas impositivas às quais eles têm direito a indicar anualmente no Orçamento Municipal e de execução obrigatória. O texto original, de 2017, prevê o montante de 1,2% da receita corrente líquida do exercício anterior. Com a mudança, ainda pendente para votação em 2ª turno, será de 2%. Metade do valor deverá ser, obrigatoriamente, destinado a ações e serviços públicos de saúde. A mudança também ocorreu a nível federal, aprovada através da Emenda Constitucional de nº 126, de 21 de dezembro de 2022. (Jornal Agora – Divinópolis)

 

Itabira pode ter subsídio de ônibus rural

Protocolado no Legislativo no dia 4 de abril, o projeto de lei 29/2023, que prevê o subisídio para a passagem de ônibus na zona rural, ainda não foi votado pelos vereadores de Itabira. Desde o início da sua tramitação, o texto encontrou alguns “obstáculos”. O primeiro foi a pauta “trancada” devido ao processo arrastado de outro subsídio — o do transporte público urbano. Em seguida, um pedido de vista na semana passada e, agora, a sua retirada de pauta. A expectativa é de que a matéria passe pelo primeiro turno na próxima terça-feira (30). (De Fato Online – Itabira)

 

COMPATILHAR: