Quatro milhões de candidatos estão participando hoje da 11ª edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Criado em 1998, o exame já avaliou o desempenho de 18 milhões de alunos de escolas públicas e particulares que concluíram a educação básica. As provas terão início às 13h e serão aplicadas em 8,5 mil locais.
A primeira edição do Enem contou com a participação de pouco mais de 157 mil estudantes. Este ano, o número de inscritos bateu mais um recorde: 4.004.715. A participação no exame é voluntária. O Enem é usado como critério de seleção para concessão de bolsas do Programa Universidade para Todos (ProUni) e em processos seletivos de cerca de 500 instituições de ensino superior.
Segundo dados preliminares do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela prova, o maior número de candidatos está concentrado no Sudeste: 1.887.779. O Nordeste teve 1.017.634 inscritos, seguido pelo Sul, com 484.948; o Centro-Oeste, com 324.704; e o Norte, com 289.360.
A prova é constituída por 63 questões objetivas e uma redação dissertativa e os alunos têm 5 horas para faze-la. A previsão é de que os boletins individuais sejam enviados aos candidatos na segunda quinzena de novembro. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 0800 616161 ou no site do Inep.

Comentários