Representantes da Prefeitura e da diretoria do Sindicato dos Produtores Rurais de Formiga (Sinrural) cancelaram a negociação em permuta do terreno do Parque Luiz Belo Primo (Parque de Exposições) pelo imóvel onde atualmente funciona o almoxarifado da Secretaria de Obras.
Durante reunião na Câmara Municipal, na segunda-feira (6), foi entregue um ofício assinado pelo prefeito Aluísio Veloso/PT ao presidente em exercício da Casa, José Gilmar Furtado (Mazinho/DEM), informando sobre a retirada do projeto de Lei 0383/2011, que autorizava a troca de terrenos entre o Sinrural e administração municipal. No ofício encaminhado à Câmara, a justificativa para retirar da pauta a votação do projeto se deve a novas negociações para a construção do prédio da Prefeitura.
O chefe de Gabinete, Sheldon Almeida, explicou que está incluso no Plano Diretor a necessidade de promover uma audiência pública para discutir a construção da nova sede da Prefeitura. Na ocasião, no encontro que ocorreu no plenário da Câmara, em janeiro deste ano, foi aberta à população a opção de escolher qual seria o melhor lugar para abrigar a sede da administração. Na época, houve um grande interesse do público presente na reunião para que o prédio fosse construído no terreno do Parque de Exposições.
Segundo Sheldon Almeida, o terreno da exposição foi doado no passado para o Sinrural, a fim de que a entidade exercesse o trabalho proposto. Ele contou que existem cláusulas que preveem a reversão do imóvel do Parque de Exposições ao patrimônio público. Na negociação, seriam retiradas as cláusulas de reversão e o município abriria mão da área institucional. Para evitar o ingresso de uma possível ação contra Aluísio Veloso, por improbidade, foi pedida a retirada do projeto na Câmara.
Existe a possibilidade de a nova sede administrativa do prédio da Prefeitura ser construída no terreno onde está o almoxarifado, enquanto a parte operacional seria direcionada para a Fazenda Vista Alegre, conforme explicou Sheldon. Porém, segundo ele, essa ideia ainda está sendo estudada pelo prefeito e não há nada de concreto até o momento.
O presidente do Sinrural, Ivanir Júlio da Silveira (Sr. Nêgo), foi procurado pela redação do jornal Nova Imprensa e do portal Últimas Notícias, para saber o posicionamento dele a respeito do assunto. Porém, até o fechamento desta edição, ele não foi encontrado.
Início das negociações
A ideia de permutar os imóveis surgiu durante a audiência pública realizada no dia 26 de janeiro deste ano, no plenário da Câmara Municipal, quando o Executivo convidou a comunidade para debater sobre a nova sede da Prefeitura. Em meio às explanações foi sugerido que o novo prédio fosse construído no Parque de Exposições, assim como a Câmara Municipal. Na ocasião, o secretário de Planejamento, Coordenação e Regulação Urbana, José Ivo, informou que o terreno estaria avaliado em cerca de R$ 3 milhões, no valor de mercado.
A permuta foi aprovada por 35 votos a favor e 5 contra e ficou acertado que o sindicato ficaria com o terreno do almoxarifado e a Prefeitura com o Parque de Exposições, mas o sindicato continuaria com a parte próxima ao Tattersal e o estacionamento.
No final de março, foi aprovada por meio de uma assembleia do Sindicato dos Produtores Rurais de Formiga (Sinrural) uma permuta entre os terrenos do Parque Luiz Belo Primo (Parque de Exposições) pelo imóvel onde atualmente funciona o almoxarifado da Secretaria de Obras. O prefeito Aluísio Veloso/PT e o então presidente da Câmara Moacir Ribeiro/PMDB e outros representantes dos poderes públicos também participaram da reunião.
A intenção do presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Formiga era vender os terrenos permutados para angariar fundos para que fosse adquirido outro terreno para construir a nova sede do Parque de Exposições.

Comentários