Passa bem a recém-nascida que teve queimaduras no pescoço após o padre usar ácido em vez de água benta durante o batismo. O caso, registrado na cidade de Villafranca Terrena, na Itália, foi noticiado pelo Gazzetta del Sud nesta semana.

Conforme a publicação, o padrinho da criança também foi atingido na mão, alertou o padre e evitou que o religioso continuasse com a consagração.

Mesmo, gotas de ácido caíram no pescoço da bebê, que foi levada para o hospital, mas não precisou ficar internada.

O Gazzetta del Sud informou que um coroinha encontrou a garrafa com o ácido no banheiro da igreja e acreditou ser água benta. Ele então terminou de encher o recipiente com água e levou à pia batismal antes da cerimônia.

Fonte: Itatiaia

COMPATILHAR: