A vacinação de crianças contra a Covid-19 nas escolas municipais começa nesta segunda-feira (17) em Belo Horizonte. Será o imunizado o público de 5 a 11 anos com doenças crônicas, deficiência permanente, indígenas ou quilombolas.

A campanha havia começado no sábado (15), mas apenas em postos de saúde. A nova estratégia de levar a vacinação, exclusivamente, para as instituições de ensino foi definida para que o grupo não fique em contato direto com pacientes que apresentam sintomas respiratórios e que estão sendo atendidos nas unidades de saúde.

As ações de repescagem prosseguem na terça-feira (18). De acordo com a prefeitura da capital, é necessário levar documento de identidade ou certidão de nascimento, CPF, comprovante de residência e da comorbidade. 

Inicialmente, as aplicações serão feitas em nove escolas da capital, uma em cada regional. Segundo o Executivo, ampliações para outras unidades podem ser feitas de acordo com o recebimento de novas remessas da vacina e a convocação de mais crianças.

Os horários para atendimento nas escolas serão distintos. Amanhã, as aplicações serão feitas das 10h às 16h. Já na terça-feira (18), das 9h às 16h. 

Veja abaixo as escolas onde serão aplicadas as vacinas por regional:

Barreiro
Escola Municipal Dulce Maria Homem  
Rua Três Marias, 221, bairro Miramar

Centro-sul
Escola Municipal Presidente João Pessoa
Rua Congonhas, 639, bairro Santo Antônio

Leste
Escola Municipal Israel Pinheiro
Rua Desembargador Bráulio, 1.147, bairro Alto Vera Cruz

Nordeste
Escola Municipal Governador Carlos Lacerda
Rua Princesa Leopoldina, 490, bairro Ipiranga

Noroeste
Escola Municipal Oswaldo Pieruccetti 
Rua Regida, 309, bairro Jardim Filadélfia

Norte
Escola Municipal Hebert José de Souza
Avenida Detetive Eduardo Fernandes, 320, bairro Novo Aarão Reis

Oeste
Escola Municipal Francisca de Paula
Rua Júlio de Castilho, 234, bairro Cinquentenário

Pampulha
Escola Municipal Carmelita Carvalho Garcia
Rua Aluísio Davis, 53, bairro Ouro Preto

Venda Nova
Escola Municipal Professor Pedro Guerra
Rua João Ferreira da Silva, 230, bairro Mantiqueira

Acompanhamento

Nos dias de repescagem, a criança com comorbidades deve estar acompanhada dos pais ou responsáveis e apresentar documento de identificação com foto ou certidão de nascimento, CPF, comprovante de endereço e cartão de vacina.

Caso o acompanhamento seja por terceiros, haverá a necessidade de apresentar o termo de autorização de para vacinação, disponibilizado no portal da prefeitura, devidamente preenchido e assinado pelos pais ou responsáveis.

Vacinação em casa

A imunização das crianças acamadas ou com mobilidade reduzida também terá início nesta segunda-feira (17). As equipes entrarão em contato com as famílias que têm cadastro nos Centros de Saúde para o agendamento.

A vacinação será realizada ao longo da semana por equipes volantes. Caso a criança não tenha cadastro, os pais ou responsáveis deverão entrar em contato com a unidade mais próxima para agendar a imunização. Os telefones e endereços estão disponibilizados no portal da Prefeitura.

Já a ampliação da vacinação para as crianças sem comorbidades será feita de forma gradativa e de acordo com o quantitativo de doses repassado ao município. Clique aqui para saber as crianças que estão elegíveis a vacinar. 

Fonte: Hoje em Dia

 

Comentários