O lateral-esquerdo Egídio se destacou na vitória com folga do Cruzeiro sobre o Atlético-GO, na terça-feira (9), no primeiro jogo do time celeste no Mineirão após a disputa da Copa das Confederações. O atleta deu duas assistências e marcou ele mesmo um dos gols na goleada por 5 a 0, e espera que agora consiga emplacar uma sequência.
?Foi uma grande partida, onde o time todo ficou focado do começo ao fim. Com duas assistências e um gol, espero que eu continue assim daqui pra frente. Todo jogador precisa de uma sequência, espero me firmar na lateral esquerda?, revelou o atleta.
Segundo ele, o bom rendimento do clube vem especialmente de dois aspectos: o time soube impor seu ritmo de jogo e está focado em conquistar o título da Copa do Brasil. ?Como a gente tem conversado entre a gente, se pensamos em título, temos que manter a regularidade e mostrar o melhor dentro de campo?, disse ele.
?É bom a gente ficar nos dez, quinze primeiros minutos em cima, impor a nossa cara, mostrar que vamos dificultar ao máximo para o adversário?, completou o jogador.
Libertadores
A Confederação Sul-Americana de Futebol divulgou, em seu site oficial, que o segundo jogo da decisão da Taça Libertadores, no dia 24 de julho, será realizada no Mineirão, em Belo Horizonte. O primeiro jogo será na próxima quarta-feira (17), no Defensores del Chaco, casa do Olimpia.
Na última quarta-feira, após a épica classificação atleticana, nos pênaltis, sobre o Newell?s Old Boys, da Argentina, o presidente do Atlético-MG, Alexandre Kalil, afirmou que ainda tinha esperanças de que o confronto final pudesse ser realizado no Independência. O problema é que o estádio do Horto tem capacidade para cerca de 23 mil pessoas, enquanto o regulamento da competição internacional determina que, para as duas decisões, a capacidade mínima tem de ser de 40 mil. Assim, na quinta-feira, a Conmebol publicou que o jogo será no Mineirão, com capacidade para 63 mil espectadores.
O Galo venceu por pelo mesmo marcador a revanche com o Newell?s Old Boys e ganhou acesso à final nos pênaltis. Para a final, o Galo sairá do estádio Raimundo Sampaio, mais conhecido como Estádio Independência, propriedade do América-MG, onde aconteceu a semifinal.
A diretoria do Atlético-MG ainda deverá tentar manter o jogo no Horto. Os ingressos para a primeira partida, em Assunção, começaram a ser vendidos nesta sexta-feira (12).

Comentários
COMPATILHAR: