Léo Silveira (PSB) atual prefeito da cidade de Pirapora, que substituía Warmillon Fonseca Braga (DEM), que também teve seu mandato cassado por sentença da juíza Arlete Aparecida Coura, teve o mesmo destino de seu antecessor e padrinho político, por abuso de poder econômico e político.
A juíza Arlete também determinou seu afastamento e a realização de novas eleições no município de Pirapora-MG, atendendo acusação formulada pelo Ministério Público.
O Tribunal Regional Eleitoral mineiro concedeu liminar mantendo Léo no cargo, porém o juiz Virgilio Almeida Barreto assinalou no despacho que deferiu a liminar que: ?cabe ressaltar que concessão da presente liminar é reversível, pois o conteúdo do decreto condenatório se mostra plenamente exequível mesmo após a diplomação do eleito?.

Comentários
COMPATILHAR: