A Penitenciária de Formiga, em parceria com o Sindicato dos Produtores Rurais de Formiga e Senar Minas, oferece aos presidiários um curso de olericultura básica, ou seja, para aprenderem a trabalhar em horta orgânica. As aulas são ministradas pelo instrutor Nilmar Eduardo Arbex de Castro, que tem em seu currículo pós-doutorando em conservação do solo e da água.
O curso tem 40 horas, ministrado entre os dias 19 e 22, das 8h às 17h. As aulas são realizadas na Penitenciária de Formiga, 12 vagas estão disponíveis.
Os participantes têm aulas teóricas em salas especificas, depois participam de aulas expositivas na horta da Penitenciária de Formiga.
O curso é gratuito e todos os participantes receberão certificado de conclusão. O objetivo é que os presos sejam capacitados para o cultivo de olerícolas de qualidade no sistema orgânico de produção, assim, ele irá adquirir uma qualificação, o que facilita na busca de um emprego quando sair da penitenciaria, garantindo assim uma nova forma de renda ou plantio para o sustento da família.

Comentários