O balanço mais recente divulgado pela Defesa Civil de Belo Horizonte aponta que em 12 horas choveu mais da metade do que era esperado para todo o mês de outubro na capital mineira.

A região Oeste foi onde mais choveu nas últimas horas, com mais de 53mm. Isso equivale a 51% de toda média para o mês. Foi nessa regional também que a Defesa Civil registrou a maior rajada de ventos na cidade, com a velocidade de 73,8 km/h entre 23h e 24h. A Oeste está entre as regionais em alerta de risco geológico até sexta-feira (7).

A região do Barreiro foi a segunda com mais chuva no recorte de 12 horas feito pela Defesa Civil com 50,2 mm de precipitação, o equivalente a 47,9% da média de 104,7mm de outubro na capital mineira.

Já a lista desde o início do mês é encabeçada pela região Centro-Sul. Por lá, a Defesa Civil registrou 71,8mm neste mês, o equivalente a 68,6% do esperado para o mês. Em seguida vem a Oeste, com 61,3%. Local tradicional de alagamentos e desastres na capital mineira decorrentes da chuva, a regional Norte é a de menor registro até o então neste mês, com 30% do esperado.

Acumulado de chuvas (mm), nas últimas 12h. Em 04/10/22 às 6h:  

  • Barreiro: 50,2 (47,9%)
  • Centro Sul: 48,3 (46,1%)
  • Leste: 27,6 (26,6%)
  • Nordeste: 26,6 (25,4%)
  • Noroeste: 33,4 (31,9%)
  • Norte: 26,4 (25,2%)
  • Oeste: 53,4 (51%)
  • Pampulha: 33,2 (31,7%)
  • Venda Nova: 35 (33,4%)

Acumulado de chuvas (mm) em no mês de outubro até 6h20 do dia 04: 

  • Barreiro: 58,4 (55,8%)
  • Centro Sul: 71,8 (68,6%)
  • Leste: 33,6 (32,1%)
  • Nordeste: 32 (30,6%)
  • Noroeste: 43,6 (41,6%)
  • Norte: 31,6 (30,2%)
  • Oeste: 64,2 (61,3%)
  • Pampulha: 40,4 (38,6%)
  • Venda Nova: 44,6 (42,6%)

Fonte: O Tempo

Comentários
COMPATILHAR: