Redação UN

Uma coletiva de imprensa foi realizada na Delegacia Regional de Formiga para divulgar informações sobre a Operação “Cherokee”, deflagrada nesta terça-feira (23), em Formiga, Arcos e Perdizes.

Estiveram presentes o delegado regional da Polícia Civil, Danilo César Basílio, o promotor de Justiça do Ministério Público, Ângelo Ansanelli, e o comandante do 63° Batalhão da Polícia Militar, tenente coronel Fábio Gotelip.

De acordo com as autoridades, 10 pessoas foram presas, sendo oito homens e duas mulheres. Quatro ainda estão foragidas. Foram apreendidas substâncias entorpecentes como cocaína, maconha e crack.

O delegado Danilo César explicou que a operação teve início há cerca de 8 meses, dando continuidade a outras duas operações realizadas nos últimos dois anos. “Em Formiga, desarticulamos a organização criminosa que comandava o tráfico de drogas nos bairros do Rosário, Vila Padre Remaclo, Lajinha e adjacências. Identificamos quem era o líder dessa organização e os outros que vendiam para ele nesses bairros”.

Questionado, o delegado afirmou que, com a operação, ele acredita na diminuição da criminalidade em Formiga. “Esse trabalho não se resume ao dia de hoje. Apreendemos grande quantidade de drogas no decorrer da operação e podemos dizer que hoje foi o Dia D”.

Segundo informou o tenente coronel Fábio Gotelip, a operação teve um grande aparato, inclusive de outras unidades da 7ª Região da PM. “Os trabalhos na busca por esses quatro foragidos continuam”.

O promotor Ângelo Ansanelli explicou que dentre os presos, está um casal que recentemente se mudou para Perdizes e traficava drogas em Formiga e um homem em Arcos. “Todos os presos têm passagens pela polícia por tráfico de entorpecentes e uma das mulheres responde por homicídio”.

“Foram expedidos oito mandados de prisão preventiva, três mandados de prisão temporária e nove cautelares, além de 22 mandados de busca e apreensão”, completou o promotor.

 Foram empenhados 46 policiais civis, 12 viaturas, helicóptero e equipe do Canil de Belo Horizonte, assim como 51 policiais militares, 14 viaturas e o canil da Rocca. Também prestaram auxílio sete policiais penais.

 

 

COMPATILHAR: