Uma paciente de 81 anos, diagnosticada com Covid-19 e gripe, morreu na Santa Casa de Misericórdia de São João del-Rei, no Campo das Vertentes, no sábado (15). Agora, a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) investigará a relação da morte com a “flurona”, coinfecção pelo coronavírus e pelo vírus da gripe.

A paciente, que tinha comorbidades, foi admitida primeiro no hospital de Barroso, na Zona da Mata, segundo a Prefeitura da cidade, no dia 3 de janeiro, ainda com teste negativo de Covid-19. Após piora do quadro, ela foi transferida para São João del-Rei no dia 5 e fez testes de Covid-19 e para detecção de H3N2, causador da gripe. 

O resultado positivo do teste de Covid-19 saiu no dia 8 de janeiro e o de gripe, no dia 15, quando a paciente morreu. “O caso segue em análise e investigação nos órgãos competentes do Estado. Aos familiares e amigos da vítima nossos sinceros sentimentos. Recomendamos a todos os cuidados como uso de máscara e álcool em gel, o distanciamento social e também a vacinação completa”, reforça a prefeitura de Barroso, por meio de nota. A reportagem questionou a SES-MG sobre a evolução da investigação e aguarda retorno. 

Na última semana, o prefeito da cidade, Anderson Geraldo de Paula (DEM) e a primeira-dama e secretária de Assuntos Institucionais, Luciana Lima, também testaram positivo para Covid-19, porém apresentam sintomas leves, de acordo com o governo municipal.

Fonte: O Tempo

Comentários