Priscila Rocha – Redação Últimas Notícias

Até o dia 30 de abril, no município de Formiga já haviam sido arrecadados R$17.257 milhões referentes ao Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) 2019. As informações são da agência local da Administração Fazendária (AF).

Com uma frota de 45.934 veículos, sendo 22.951 automóveis/utilitários, 13.641 motocicletas/similares, 4.997 caminhonetes/pick-ups, 1822 caminhões e 2.623 outros tipos de veículos, o município arrecadou 5,73%% a mais que no mesmo período do ano passado.

Do total arrecadado, R$6.902.800 (40%) foram destinados para os cofres do município. Os outros 60% são distribuídos entre o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais de Educação – Fundeb (20%) e para o Caixa Único do Estado de Minas (40%).

Segundo o gestor fazendário, Milton Antônio de Miranda, a previsão de arrecadação de IPVA neste ano em Formiga é de aproximadamente R$21 milhões.

Atrasos
De acordo com o Departamento de Trânsito (Detran-MG), 41,51% dos veículos em condições de licenciamento em Minas Gerais ainda estão sem o CRLV por causa de pendências – ou seja, mais de 4 milhões de veículos têm alguma situação a ser regularizada. Ainda não foram pagas as taxas de licenciamento de mais de 2,8 milhões de veículos, nem o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) de 2,4 milhões.

Os motoristas que ainda não regularizaram a situação não precisam se desesperar, pois o documento de 2019 não será cobrado até julho. Para os veículos com placa de final 1 a 5, a cobrança passa a valer a partir do dia 1º de agosto. Já aqueles com placa de 6 a 0 devem fazer o licenciamento até o dia 31 de agosto.

Após o prazo, caso o motorista seja flagrado sem o CRLV, ele receberá multa gravíssima, no valor de R$293,47, além da perda de 7 pontos na carteira e a apreensão do veículo. Ou seja, além de pagar pelos tributos atrasados, o motorista deverá ainda pagar pelo tempo em que o carro esteve parado no pátio do Detran.

Mais de 4,7 milhões de motoristas em Minas Gerais já receberam o CRLV de 2019, o equivalente a 49,15% do número de veículos em condição de licenciamento no Estado.

Regularização
Quem está em atraso com os tributos deve fazer o pagamento nas redes bancárias. “O pagamento desses tributos é de suma importância para a sociedade, pois assim retornam através de aplicação na prestação de serviços públicos, como saúde, habitação, saneamento, transportes, segurança, entre outras”, informou Milton.
Para informações e esclarecimentos sobre IPVA e TRLAV, o contribuinte deverá procurar a Administração Fazendária de Formiga, situada à rua Monsenhor João Ivo, 100, ou consultar o site da Secretaria da Fazenda de Minas Gerais www.fazenda.mg.gov.br.

Comentários