A formiguense Letícia Oliveira, de 25 anos, avançou mais um passo rumo à recuperação. Ela recebeu alta após passar um mês internada para reabilitação no Hospital Unimed Dr. Hugo Borges, situado em Juiz de Fora. A próxima fase do tratamento da jovem será feita em uma residência na cidade.

De acordo com informações do portal Tribuna Centro-Oeste, Vaninha Lima, mãe de Letícia, contou que a filha fez progressos importantes. “A Letícia teve uma ótima evolução, está mais consciente, caminhando com ajuda, falando bem, com o sono regulado, alimentando-se normalmente e recebeu alta para continuar o tratamento em casa. Vamos continuar em Juiz de Fora devido à assistência médica domiciliar ofertada pela Unimed Juiz de Fora. Ela vai seguir com as fisioterapias e acompanhamento médico”, contou nas redes sociais.

Letícia está sob cuidados de uma equipe multidisciplinar composta por médicos, enfermeiros, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, nutricionista e psicólogo. “Agradecemos a todos pelo carinho com que nos trataram, aos que oraram e aos que acreditaram no milagre da Letícia. Vou continuar pedindo orações para ela, porque o tratamento continua e é lento. Pedimos orações também para que Deus console as famílias que foram enlutadas naquele trágico acidente”, explicou Vaninha.

Letícia e mais três amigas estavam a caminho de uma festa em Pará de Minas quando um caminhão tombou na pista e o carro delas colidiu contra o veículo na BR-494, em Nova Serrana. As jovens Júlia Noara e Letícia Hordones morreram no local do acidente e Melissa Côrrea faleceu dois dias depois no Complexo de Saúde São João de Deus, em Divinópolis.

A formiguense deu entrada no mesmo hospital no dia 29 de outubro. Após 21 de internação, ela acordou do coma e passou uns dias internada na cidade vizinha até ser transferida para Juiz de Fora, que é referência no tratamento de pessoas acidentadas.

Fonte: Tribuna Centro-Oeste

Comentários
COMPATILHAR: