O frentista Odair Loureiro Muchon, de 66 anos, morreu após ser arrastado por um caminhão na noite de quinta-feira (25), durante sua jornada de trabalho. O caso aconteceu no bairro da Mooca, na zona leste de São Paulo.

Funcionários da administração do posto contam que o colega tentava impedir que o motorista de um caminhão, que havia abastecido seu veículo no local, saísse sem pagar pelo combustível. O valor devido não foi divulgado.

De acordo com relatos de testemunhas à polícia, a vítima foi arrastada por alguns metros até o final da rua, mas não foi possível observar se ele caiu ou foi atropelado pelo caminhão. O motorista fugiu.

A Polícia Militar foi acionada e chamou o resgate, mas o frentista morreu no local. O caso foi registrado no 56º Distrito Policial de São Paulo, na Vila Alpina. A perícia foi realizada durante a noite.

À CNN, o Auto Posto Sinhá Moça, onde Odair trabalhava, informou que está colaborando com as investigações e presta auxílio à família do frentista.

 

Fonte: Itatiaia

 

COMPATILHAR: