Em assembleia realizada na tarde desta segunda-feira (12), na sede do Sintramfor, ficou definido com a aprovação de aproximadamente 40 servidores, que a greve que teve início hoje está temporariamente suspensa.
Após reunião com membros do Executivo ocorrida na tarde desta segunda, o presidente do sindicato, Natanael Alves informou aos servidores e a imprensa presente que o novo secretário de Fazenda, Antônio Alvarenga (Toinzinho), havia garantido que todos os pagamentos seriam feitos até a tarde de amanhã, (terça-feira – 13) ?Passamos na Caixa Econômica e realmente alguns pagamentos já caíram nas contas. Se todos não receberem até amanha à tarde, voltamos com a greve?.
?O Toinzinho garantiu que isso não vai mais ocorrer e fará de tudo para que o pagamento seja feito sempre até o dia 30 de cada mês, como sempre ocorreu?, disse Natanael.

Ele explicou ainda que outro assunto debatido na reunião no Gabinete foi sobre a perseguição a alguns funcionários, que participaram das manifestações de greve. ?Eles disseram que não vão mandar ninguém embora e caso alguém seja perseguido, ou ocorrer transferência de servidores, que é para denunciarmos esse tipo de retaliação. Se isto ocorrer, entraremos com uma ação judicial?, garantiu Natanael.
O presidente do sindicato disse ainda na assembleia que, de acordo com o Executivo, não haverá cortes no funcionalismo. ?Vão fazer o máximo para que isso não ocorra, mesmo que tenha que ser feito cortes em outras áreas para a contenção de despesas. Estamos dando um voto de confiança a eles?, explicou.
Outra reunião para debater sobre o pagamento dos servidores está agendada para ocorrer entre o sindicato e Toinzinho, nesta quarta-feira (14).

Comentários