O possível retorno dos impostos federais sobre os combustíveis pode elevar os preços ao consumidor já no início de 2023. O Centro Brasileiro de Infraestrutura (CBIE) calcula que a reoneração causará o seguinte impacto sobre os preços:

  • Gasolina: R$ 0,69
  • Etanol: R$ 0,26
  • Diesel: R$ 0,33

Os impostos foram zerados em junho de 2022, às vésperas da campanha eleitoral e em meio à escalada do preço dos combustíveis nos postos. A isenção está garantida até o dia 31 de dezembro deste ano e o novo governo federal eleito sinalizou que não manterá o corte.

O futuro ministro da Fazenda, Fernando Haddad, afirmou que o presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) não concordou em prorrogar o corte de impostos.

Depois da PEC da Transição, que aumentou a licença para gastos, o futuro governo conta com o aumento da arrecadação para diminuir o déficit nas contas públicas já contratado para 2023. O impacto da prorrogação da medida seria de R$ 52,9 bilhões no ano cheio. Setores do mercado financeiro pressionam pelo fim da desoneração para a melhoria das contas públicas.

(Com Agência Estado)

Fonte: O Tempo

COMPATILHAR: