Usando o nome das Missões Redentoristas que estão em Piumhi realizando o socio-religioso, golpistas estão indo de casa em casa pedindo dinheiro para as pessoas.

De acordo com padre Daniel da Paróquia Nossa Senhora do Livramento, a Paróquia não realiza este tipo de procedimento, e que toda e qualquer doação deve ser feita diretamente nos escritórios paroquiais.

O padre alerta ainda que o levantamento socio-religioso que está acontecendo em Piumhi é feito por pessoas das comunidades, conhecidas por todos e identificadas com crachá e as mesmas não pedem nenhum tipo de doação em nome das Missões.

Fonte: 104 FM

divulgação

 

COMPATILHAR: