A Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade (Seinfra) de Minas Gerais publicou nesta quinta-feira (17) o edital do lote 3 (Varginha-Furnas) de concessão de rodovias. Serão desestatizados 432,8 km de vias localizadas entre São Sebastião do Paraíso, no Sudoeste do Estado, e Três Corações, no Sul, totalizando 22 municípios.

O leilão está previsto para 8 de março de 2023 na Bolsa de Valores (B3), em São Paulo (SP). O edital da concessão pode ser acessado na internet.

O lote 3 prevê investimentos de cerca de R$ 2,6 bilhões ao longo dos 30 anos, sendo R$ 1,3 bilhões nos oito primeiros anos, incluindo trechos de duplicação, informou a Seinfra. A expectativa é que os recursos ampliem a segurança e o conforto nas vias, com a inclusão de serviços para os usuários, como socorro mecânico, atendimento médico, combate a incêndios e apreensão de animais.

O vencedor do leilão deverá realizar a duplicação de trecho de aproximadamente oito quilômetros da MGC-491, entre Varginha e Três Corações; implantação de cerca de 30 km de faixas adicionais; 236 km de acostamentos; e execução de diversos dispositivos nas interseções rodoviárias. A concessionária também ficará responsável pelos serviços de operação, manutenção e conservação dos trechos ao longo dos 30 anos de contrato.

Concessões rodoviárias

A privatização faz parte do Programa de Concessões Rodoviárias do Governo de Minas e prevê a desestatização de outros lotes, que abrangem aproximadamente 2,5 mil km, beneficiando diretamente mais de cinco milhões de pessoas, segundo a Secretaria.

A expectativa da Seinfra é de que sejam atraídos mais de R$ 11 bilhões em investimentos privados para a ampliação de capacidade e recuperação das rodovias.

(*) Com Agência Minas.

Fonte: Hoje em Dia

Comentários
COMPATILHAR: