Na manhã desta quarta-feira (24), a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu preventivamente um homem, de 38 anos, após o descumprimento de medida protetiva expedida em favor da ex-mulher dele, de 31. O suspeito foi preso em Pedra do Indaiá, cidade a cerca de 30 quilômetros de Itapecerica, no Centro-Oeste do estado.

A vítima procurou a polícia e relatou que durante uma festa, ocorrida no último dia 20, o suspeito se aproximou dela e proferiu ameaças, apontando o dedo em seu rosto e arremessando um copo em direção ao local onde ela estava com o atual namorado.

Segundo o delegado responsável pelo inquérito, Adriano Miguel da Silva, as ações praticadas pelo suspeito violaram a ordem judicial expedida em favor da vítima. “Diante dos fatos, representamos pela prisão preventiva do homem, que foi cumprida hoje em Pedra do Indaiá. Ao final do inquérito, ele poderá responder pelo crime de ameaça, previsto no artigo 147 do Código Penal, em conjunto com o crime de descumprimento de medida protetiva, previsto no artigo 24-A da Lei Maria da Penha“, afirmou.

Após a formalização dos procedimentos de polícia judiciária, o homem foi encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

 

Fonte: Polícia Civil

 

COMPATILHAR: