Uma jovem de 24 anos foi estuprada na madrugada desta segunda-feira (14) após retornar de uma festa em Juiz de Fora, na Zona da Mata mineira.

Segundo ela, o suspeito é um motorista, que teria oferecido uma “carona mais barata que a corrida da Uber” na porta do evento após deixar um passageiro no local.

A mulher, então, aceitou a corrida, feita em carro Corsa, na cor vinho. Segundo ela contou aos policiais, ela não reconheceu o trajeto feito, mas acreditou na palavra do motorista de que estavam perto do destino. 

Em um certo momento, entretanto, o motorista travou as portas do carro, entrou em uma rua de terra, parou o carro e pulou para o banco de trás. A vítima relatou que o homem colocou um objeto pontiagudo no seu pescoço, possivelmente uma faca, antes de consumar o abuso. A jovem contou aos policiais que o suspeito ejaculou e depois tirou a bateria do celular dela para que ela não pedisse por socorro.

Ela então caminhou até um motel que fica próximo ao local do estupro para pedir ajuda. A polícia chegou a ir até o local do crime, mas nada foi encontrado. 

A vítima foi encaminhada para o Hospital de Pronto Socorro para realizar exames e ser medicada conforme praxe nesses casos. Os resultados ficarão prontos nos próximos dias, segundo o boletim de ocorrência.

O homem, que só foi identificado pelo primeiro nome, fugiu e não foi localizado pelos militares.

Fonte: O Tempo

Comentários
COMPATILHAR: