Uma idosa de 64 anos foi presa depois de amarrar o próprio cachorro dentro de um saco plástico e oferecer um maço de cigarro a um homem para jogar o animal em um córrego. O caso aconteceu em Varginha, no Sul de Minas, na quarta-feira (20), mas foi divulgado apenas nesta sexta (22).

Segundo a Polícia Militar, testemunhas viram o homem com o cão dentro do saco, e quando o abordaram, descobriram o acordo feito com a suspeita. O animal estava vivo e com as patas amarradas.

Depois de acionados, os militares foram até a casa da idosa. Ela afirmou que o cachorro estava doente, e que não tinha condições de tratá-lo. Depois de confessar o crime, ela citou que vizinhos estavam reclamando dos latidos. A idosa foi levada à delegacia da Polícia Civil, e pode responder por maus-tratos. O cachorro foi levado a uma clínica veterinária, onde será tratado.

 

 

Fonte: Itatiaia

 

Comentários