O idoso de 75 anos que recebeu uma nota de R$ 420 como pagamento de uma dívida e ainda deu um troco de R$ 320 para um vizinho que tinha pegado R$ 100 emprestado com ele, em Unaí, no Norte de Minas Gerais, vai ser ressarcido. A nota usada como golpe pelo homem, era brinde de uma loja de roupas, que resolveu ressarcir a vítima. 

A empresa mandou R$ 420 para o idoso e várias blusas da marca. “A nossa intenção, desde sempre, é fazer arte pra chocar e trazer reflexão, mas nunca pra lesar quem quer que seja”, escreveram em uma postagem no Instagram. 

O crime 

De acordo com a Polícia Militar, o suspeito é vizinho do idoso, que mora em uma fazenda, e pediu R$ 100 emprestado para a vítima. Para fazer o pagamento, o suspeito deu uma nota de R$ 420 para a vítima, que disse que nunca tinha visto a cédula nesse valor. 

O suspeito disse que era verdadeira e que ele tinha sacado em um banco no centro de Unaí. O idoso desconfiou, mas acabou cedendo e pegando a nota. Ele então teve que devolver R$ 320 de troco para o jovem. 

Só depois, a vítima descobriu que tinha sido enganada e acionou a Polícia Militar. Aos militares, o homem disse que o vizinho busca droga na cidade e vende na zona rural. 

Os polícias foram à casa do suspeito e encontraram um pé de maconha e quatro tabletes da mesma droga. O homem confessou o tráfico e disse que realmente passou a nota falsa para o idoso para enganá-ló e conseguir tirar mais dinheiro dele. 

A nota de R$ 420 era verde, tinha o desenho de um bicho preguiça e uma folha semelhante à maconha. O suspeito foi preso e encaminhado à Polícia Civil, junto com as notas e as drogas para investigações.

Fonte: O Tempo

Comentários
COMPATILHAR: