Cinco pessoas, três mulheres e dois homens, foram presas na tarde dessa quarta-feira (11) depois que a casa de um idoso, de 63 anos, foi arrombada e saqueada no bairro Fernão Dias, na região Nordeste de Belo Horizonte. Todos eles são moradores do mesmo condomínio.

O idoso, por sua vez, é suspeito de ter estuprado uma jovem com deficiência mental. Segundo informações da Polícia Militar, o crime teria acontecido no último dia 5 de agosto. A mulher teria contado o ocorrido aos pais somente no dia 7. Ela foi encaminhada ao hospital e a ocorrência foi feita na delegacia de mulheres. 

De acordo com a jovem, o homem teria a convidado para a sua casa, fotografado suas partes íntimas, a beijado e a estuprado. 

Ainda de acordo com os militares, os agentes investigavam o suspeito na tarde desta quarta, quando notaram que a casa do idoso havia sido arrombada e que o apartamento tinha sido saqueado. Quando apuravam o ocorrido, chegaram até os cinco suspeitos. Com eles foram apreendidos mesa, fogão, cadeiras, cama, televisão e outros mobiliários diversos. 

No início da noite desta quarta-feira, o idoso se apresentou à polícia. Na versão dada por ele, ele contou que a jovem o beijou e que ela tirou a roupa. Segundo o idoso, não houve relação sexual entre eles. Ele foi encaminhado à delegacia.

Fonte: O Tempo

Comentários
COMPATILHAR: