Um homem de 24 anos foi preso nesta quinta-feira (30) por tráfico de drogas depois de aparecer em um vídeo em que ridicularizava o presidente Jair Bolsonaro e o auxílio emergencial de R$ 600, destinado a trabalhadores informais durante a quarentena.

Nas imagens, o homem se gaba de nunca ter trabalhado e, mesmo assim, ter conseguido o benefício – com o qual teria custeado um churrasco e, “com o troco”, um baseado de maconha.

O vídeo, gravado em Caratinga, na região Leste de Minas, e chegou até a Polícia Civil da cidade. Os investigadores identificaram o indivíduo e verificaram que havia contra ele um mandado de prisão por condenação pelo crime de tráfico de tráfico de drogas. Foram feitas buscas em Caratinga e Bom Jesus do Galho, onde o suspeito foi localizado e encaminhado ao sistema prisional.

Matéria: Hoje em Dia

Comentários