Um jovem de 18 anos foi preso, nessa quarta-feira (23), suspeito de estuprar a irmã de 16 anos que é portadora de deficiência mental, em Buritizeiro, no Norte de Minas.

O suspeito era menor de idade quando cometeu o crime e, por isso, vai responder por ato infracional análogo a estupro.

As investigações concluíram que a vítima foi estuprada pelo menos quatro vezes.  Ela faz uso de medicamentos controlados e precisa de ajuda médica constante.

Na época em que o crime foi descoberto, o jovem ficou detido por 45 dias, mas depois foi solto.

“Com a conclusão do inquérito policial, foi representada pela internação do adolescente, e o pai da vítima também foi indiciado pelo crime de maus-tratos. Nesta quarta-feira (23), o Juizado informou a sentença condenatória do adolescente pela internação provisória, sendo expedido o mandado de busca e apreensão, imediatamente cumprido pela equipe da PCMG em Buritizeiro”, informou a Polícia Civil.

Fonte: O Tempo

Comentários
COMPATILHAR: