Uma mulher de 39 anos foi indiciada na sexta-feira (25) por induzir a filha, de 14, a cometer aborto.

Segundo a Polícia Civil, a mulher descobriu a gravidez da adolescente em maio do ano passado e então teria constrangido a garota a consumir quatro comprimidos de medicamentos abortivos. O caso aconteceu em Nanuque, no Vale do Mucuri.

Ainda conforme levantamentos, a investigada teria pedido ao namorado da vítima o valor de R$ 500 para comprar os remédios. As mensagens foram enviadas do celular da adolescente. O jovem, por sua vez, negou a ajuda.

Ainda assim, a menina foi induzida a ingerir os abortivos e, após o uso, teve sangramentos e precisou ficar internada. Ela então foi submetida a um exame de corpo de delito que constatou a interrupção da gravidez. A mãe foi indiciada e responderá pelo crime de aborto.

Testemunhas contaram às autoridades que a mãe teria falado para o namorado da adolescente e para familiares que não aceitava a gravidez da filha. Na ocasião, ela teria dito que tomaria as devidas providências, dizendo frases como “eu vou tomar minhas decisões, a filha é minha” e “ela vai abortar sim, essa criança não vai nascer”.

Fonte: BHAZ

Comentários
COMPATILHAR: