Nessa quarta-feira (1), a Polícia Civil de Minas Gerais prendeu uma mulher, de 26 anos, investigada por participação no crime de estupro de vulnerável cometido contra a filha dela, de 7 anos, na cidade de Pompéu, no Centro-Oeste do estado.

Um homem, de 50 anos, suspeito de envolvimento do crime está foragido. Dois celulares foram apreendidos durante a operação Creare.

As investigações tiveram início a partir de uma denúncia realizada pelo avô materno da vítima. Segundo os relatos, a neta estaria sendo abusada sexualmente por um adolescente, de 17 anos, e um homem, de 50, que fornecia dinheiro à mãe da criança para que praticasse atos libidinosos contra ela.

Os levantamentos preliminares apontam que a mãe da criança mantinha relações sexuais na frente da filha, momento em que a criança também era abusada na presença dela”, revela a delegada responsável pelas investigações, Letícia Müler.

A investigada foi presa e encaminhada ao sistema prisional, onde permanece à disposição da Justiça. As investigações, realizadas pela equipe da Polícia Civil em Pompéu, continuam a fim de periciar os celulares apreendidos e localizar os demais envolvidos.

 

Fonte: Polícia Civil

 

Comentários
COMPATILHAR: