Apesar das obras realizadas pela municipalidade, com a construção de uma nova rede de escoamento pluvial na rua Manoel Justino Nunes e adjacências, a cada chuva, o trânsito por ali fica interrompido e crateras surgem no pavimento. Hoje, por volta das 15 horas, crateras se abriram repentinamente e engoliram ou danificaram veículos que trafegavam pelo local. A vizinhança já não agüenta mais o que chamam de ineficácia do serviço público que, dia sim, dia não, abrem e fecham buracos naquela região, perturbando o sossego de moradores e dificultando (quando não, impedindo) a passagem de veículos.
Aqui tem buraco que é perpétuo: uns são do SAAE outros da Obras, e tem também alguns de empreiteiros cativos. O fato é que a cada chuva mais forte a gente assiste o dinheiro público escorrendo pela enxurrada. Reclamar não adianta e tem funcionário público (pago pelo povo), que até destrata a gente quando exercemos nosso direito de exigir respeito com o dinheiro público.. Isto é uma vergonha reclama um comerciante instalado nas proximidades. O secretário de Obras, Rodrigo Bahia, reconhece que o problema é grave e no seu entendimento, é causado pela desova de águas pluviais na rede de esgoto que, não suportando o volume, arrebenta e provoca o deslocamento do calçamento de pedras e aí, num efeito cascata…

Comentários
COMPATILHAR: