O início do período chuvoso deixa os agricultores animados no interior do Estado. Em algumas regiões já choveu, na primeira semana de outubro, mais da metade do que é previsto para todo o mês.

Depois de um longo período de estiagem, a chuva promete uma melhora na safra. É o que explica Caio Coimbra, analista de agronegócios da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais (Faemg).

“Espera-se para este período chuvoso, chuvas em bons volumes e a safra tende a ser beneficiada”, afirmou.

O aumento de safra significa maior oferta. E maior oferta pode resultar em queda nos preços. É uma lógica esperada, mas ainda não garantida, conforme explica Caio Coimbra. 

“Os preços dependem de vários fatores além das chuvas, como preço dos insumos, oferta e demanda, o dólar. Mas, sem dúvida, com a chegada das chuvas temos mais perspectiva de aumento de produção e, consequentemente, queda nos preços”, afirma.

“A gente não sabe se a queda será tão ampla porque todos os insumos, neste momento, estão com preços elevados. Isso reflete também nos preços dos produtos agrícolas que chegam ao consumidor final”, conclui.

Fonte: Itatiaia

Comentários
COMPATILHAR: