Pelo menos 14 afogamentos foram registrados em todo o estado de Minas Gerais. O número foi divulgado na tarde desta segunda-feira (28) pelo Corpo de Bombeiros.

Segundo a corporação, o balanço é parcial e corresponde ao período entre sexta-feira (25) e segunda-feira (28).

Ainda de acordo com o levantamento, os militares atuaram em Betim e Mateus Leme, na Região Metropolitana, além de Sete Lagoas, na Região Central.

Também houve registros no interior do estado, nas cidades de Bom Despacho, Cana Verde, Capelinha, Claraval, Coroaci, Estiva, Gameleiras, Mar de Espanha, Monte Azul, Pratinha, Três Corações e Vargem Bonita.

Várzea das Flores

No último sábado, um jovem de 20 anos morreu afogado na Várzea das Flores, em Betim, na Grande BH. A vítima celebrava o aniversário de um amigo.

Segundo os bombeiros, duas equipes da corporação estiveram no local para fazer as buscas pela vítima por meio de mergulhos livres. O corpo do rapaz foi encontrado logo em seguida.

A região já passava por restrição de acesso desde o início da pandemia da Covid-19. A partir desta segunda-feira (28), a prefeitura de Betim aumentou a proibição e somente moradores da área poderão acessar o local.

Para barrar os visitantes, a Guarda Municipal de Betim montou bloqueios nas duas entradas que dão acesso à orla.

Os guardas também estão percorrendo toda a área que circula a lagoa. A ação conta com o apoio da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros e da Marinha, que faz a fiscalização das embarcações, que estão autorizadas a circular na local, mas a utilização da orla para visitantes está proibida.

Porém, muitas pessoas entraram no local pela cidade de Contagem, também na Região Metropolitana de BH, onde o acesso continua liberado.

Fonte: G1

Comentários
COMPATILHAR: