Desde o dia 23 de agosto, quando o então líder do governo na Câmara, o vereador Eugênio Vilela/PV, deixou o cargo, a administração municipal estava sem um representante no Legislativo. O Executivo ficou mais de 60 dias sem ter um vereador para intermediar o diálogo entre os dois poderes.
E justamente essa falta de diálogo que foi apontada pelos vereadores como principal motivo para o trancamento da pauta de votações. Em meio à crise política entre Legislativo x Executivo, um vereador que se posicionou ao lado do governo foi Moacir Ribeiro/PMDB. Agora, ele foi indicado oficialmente como o líder do governo na Câmara.
O comunicado foi feito nesta segunda-feira (26), durante a reunião ordinária. Na ocasião, Moacir Ribeiro declarou: Não estou aqui como líder para puxar saco, e sim para defender os interesses do município, para ser o elo de comunicação, para criar harmonia entre os dois poderes. Não sou bajulador, ressaltou.
No primeiro dia oficialmente declarado líder do governo, Moacir já mostrou serviço e que vai continuar cobrando providências do Executivo, ele reforçou pedidos de providências para calçamento em todas as ruas do bairro do Cristo, a cobertura da quadra da Vila Padre Remaclo e iluminação do local, solicitou um novo imóvel para a creche desse bairro e que a parte onde funciona a atual creche, em cima do posto de saúde, seja transformada em um espaço para a realização de pequenas cirurgias. Moacir Ribeiro disse que o prefeito deu notícias de que está providenciando o atendimento a esses pleitos.

Comentários
COMPATILHAR: