Internado desde a última terça-feira (29) no hospital Albert Einstein, Pelé não responde mais à quimioterapia para tratamento de um câncer no intestino e está sob cuidados paliativos. A informação é do jornal Folha de São Paulo.

O ídolo brasileiro segue recebendo medidas de conforto para aliviar as dores pelo corpo e a falta de ar. No momento, ele não está sendo submetido a terapias invasivas.

Aos 82 anos, o rei do futebol luta contra um câncer no intestino descoberto em setembro de 2021. Ele chegou ao Hospital Albert Einstein com um quadro de inchaço generalizado pelo corpo e uma insuficiência cardíaca descompensada, segundo a Folha.

 

Fonte: Hoje em Dia

 

Comentários
COMPATILHAR: