Um desembargador federal e o filho dele, que é advogado, são suspeitos de vender sentenças para quadrilhas envolvidas com o tráfico internacional de drogas.

Eles também vão responder por lavagem de dinheiro e crimes financeiros. As informações são da Polícia Federal, que faz uma operação na manhã desta terça-feira (14).

Sete mandados de busca e apreensão são cumpridos em Belo Horizonte, que é a base da operação. Outros nove são cumpridos em Brasília (DF) e um em São Luiz (MA).

Os mandados foram expedidos pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). A ação apura o envolvimento do desembargador e do filho dele com uma organização criminosa que também é alvo de operação nesta terça, em Minas.

Conforme a PF, caso comprovado os crimes de corrupção ativa e passiva, os suspeitos podem ser condenados a até 12 anos de prisão.

Fonte: Hoje em Dia

 

COMPATILHAR: