O Plano de Enfrentamento ao Feminicídio vai receber, até 2023, investimentos de mais de R$ 600 milhões. A informação é da  ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, que falou nessa terça-feira (8), durante pronunciamento especial para o Dia da Mulher, sobre as ações conduzidas pela pasta para melhorar a vida das brasileiras. O plano contará com atuação conjunta de cinco ministérios.

Segundo a ministra, só no ano passado, foram investidos cerca de R$ 236 bilhões em políticas voltadas às mulheres. Nos últimos três anos foram sancionadas cerca de 30 leis que beneficiam as mulheres. Elas também contaram com prioridade em vários programas como os de moradia e regularização fundiária, o Auxílio Emergencial e o Auxílio Brasil.

Além disso, serão inauguradas 23 novas casas da mulher brasileira. A ministra também falou sobre a equipagem das polícias especializadas e do treinamento das delegacias comuns para atendimento às vítimas de violência. “Nenhuma mulher ficará para trás”, disse a ministra.

Fonte: Hoje em Dia

COMPATILHAR: