Teve início hoje, a meia noite, a operação Verão, realizada pela Polícia Rodoviária Federal, visando garantir a segurança e o controle do tráfego em todas as estradas federais do país.
A ação, que prossegue até 2 de março de 2008, terá pela primeira vez o sistema criado pelo Denatran, o Registro Nacional de Infrações de Trânsito (Renainf), integrando órgãos de fiscalização para por fim a impunidade de motoristas que cometem infrações fora de seus estados de origem.
Durante esse período, o aumento do número de veículos é maior, cerca de 30%, segundo a PRF. Nos finais de semana considerados normais, o acréscimo é de 10%, enquanto nos finais de semana prolongados a variação é de 15% a 20%. Cerca de 10 mil policiais trabalharão, em revezamento, nos 80 dias da operação, apoiados por viaturas de fiscalização e resgate, motocicletas e helicópteros.
Por medida de segurança, o tráfego de caminhões conhecidos como cegonhas e bitrens (combinações de veículos de carga) estará restrito durante o Natal e Réveillon, por serem maiores e mais lentos, oferecem mais riscos para automóveis e veículos menores.
A intenção principal desse tipo de operação é diminuir ao máximo o número de acidentes, mas ontem, a polícia registrou uma batida entre duas carretas na BR-040, próximo a Paracatu, no Noroeste de Minas. Uma pessoa morreu.

Comentários