Os roubos e tentativas de estupro contra vulneráveis continuam em alta em Minas Gerais. Os dados constam no levantamento sobre crimes violentos divulgado na quinta-feira (22) pela Secretaria de Estado e Defesa Social (Seds).

De acordo com o órgão, houve aumento de 20,04% nos registros de roubos se comparado os nove primeiros meses de 2014 com 2015. Neste ano, foram 82.567 contra 68.782 no ano passado. As tentativas de violência sexual contra menores saltaram de 174 em 2014 para 189 em 2015, aumento de 8,62%.

Em contrapartida, a Seds informou que todas as outras sete modalidades de crime tiveram redução durante o período analisada. As ocorrências de homicídios caíram 6,42%, de 3.147 para 2.945. Os homicídios tentados foram de 4.551 para 3.756, queda de 13,68%.

 

Os estupros consumados diminuíram 5,81%, reduzindo as ocorrências de 1.068 para 1.006. As tentativas de estupros caíram de 368 para 315, queda de 14,40%. Os casos de estupro de vulnerável consumado apresentaram redução de 3,71%, caindo de 1.831 para 1.763. O balanço mostrou, ainda, redução nas ocorrências de extorsão mediante sequestro, de 93 para 62 (-33,33%); de sequestro e cárcere privado, de 286 para 235 (-17,83%).

Hoje em Dia

Comentários