Seis pessoas do sexo masculino, com idades entre 26 e 42 anos, foram presas e encaminhadas para o Presídio Floramar, em Divinópolis, após renderem um homem de 33 anos, na quarta-feira (29), para cobrar uma dívida. A Polícia Civil informou ao g1 nesta quinta-feira (30), que os suspeitos foram autuados em flagrante.

De acordo com a Polícia Militar (PM), uma mulher de 32 anos, relatou, que devido a uma dívida de agiotagem, criminosos abordaram o marido dela, de 32 anos, no Bairro Icaraí e o colocaram no interior de um veículo modelo ecosport, fugindo em seguida.

Sequestro

O tenente da PM Rodolfo Andrade Ferreira explicou em entrevista a TV Integração, que a vítima foi sequestrada e rodou a cidade em um carro com diversos passageiros, e que foi ameaçada durante todo o trajeto.

“A vítima da extorsão na verdade ela trabalharia para esses autores e teria pegado um dinheiro emprestado e um autor estaria cobrando a dívida. A ação da PM foi realizar a prisão em flagrante delito, uma vez que a vítima saiu do veículo relatou que estava sendo ameaçada de morte durante todo o trajeto”, explicou o tenente.

Outros envolvidos

Em continuidade as diligências, a PM foi até a Rua Bahia, Centro, onde abordaram outros autores ligados a este fato. No local foram apreendidos uma arma, balança de precisão, celulares, drogas e dinheiro.

O tenente Rodolfo afirmou ainda que foi possível identificar a loja de um outro autor, que seria o proprietário de toda a dívida.

“Quando chegamos ao local, encontramos quatro pessoas: dois proprietários da loja e dois funcionários, e conseguimos localizar dentro da loja uma arma de fogo calibre 38, cinco munições intactas, mais de R$ 14 mil em procedência duvidosa e uma porção de maconha”.

A Polícia Civil não informou a situação destes quatro envolvidos no caso. Apesar disso, na quarta (29) eles foram encaminhados para a delegacia para prestar esclarecimentos.

Fonte: g1 Centro Oeste

Comentários