Com surto de Covid-19, o Presídio de Patos de Minas suspendeu a entrada de novos detentos e também as visitas de familiares. Nesse momento, há 36 presos diagnosticados com a doença. Eles ficarão isolados por até 14 dias até que possam voltar ao convívio dos demais custodiados.

De acordo com comunicado da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), por meio do Departamento Penitenciário de Minas Gerais (Depen), nenhum dos diagnosticados com coronavírus apresenta quadro grave. 

Novos presos serão encaminhados para a Penitenciária de Patrocínio, também no Alto Paranaíba.

Sem visitas


Sobre a suspensão das visitas, o Depen informou que elas “seguem as orientações do Plano Minas Consciente, do Governo Estadual, de acordo com a classificação de cada região” e, por isso, “quando houver declaração de surto na unidade prisional pelo órgão de Saúde do município, como é o caso de Patos de Minas, as visitas devem ser suspensas”.

Vacinas

Também na nota, a Sejusp afirmou que tem articulado ações de vacinação da população carcerária, em parceria com as unidades de saúde dos municípios, obedecendo a agenda estabelecida pelo calendário dessas regiões.

“A unidade encaminha todos os seus detentos nos períodos de vacinação estipulados e, para os que chegam, com alguma pendência nas doses, há uma interlocução com o município, para a aplicação dessas. Nenhum detento recusou a vacina.!

Fonte: Estado de Minas

Comentários