Um criador de gado em Moçambique notou que havia invasores no seu curral. Ele chamou a população e os indivíduos cercados, torturados e enterrados vivos.  O caso ocorreu no último dia 20.

A Polícia da República de Moçambique destacou uma equipe para investigar o caso. Mas o mais impressionante é que, entre as vítimas, havia três policiais.

O chefe do Posto Administrativo de Maluane, Juvenal Sigauque, contou que a Polícia dirigiu-se à zona rural com o objetivo de identificar o local onde os corpos dos indivíduos estavam enterrados. “No meio da ocorrência, a comunidade confundiu os agentes da polícia com os supostos criminosos e também os atacaram e os enterraram vivos”, disse

Várias pessoas dirigiram-se ao posto policial local, reivindicando a libertação de algumas pessoas da comunidade que foram detidas após os dois episódios.

A polícia moçambicana foi obrigada a reforçar o seu contingente.

Fonte: Itatiaia

Comentários
COMPATILHAR: