TCU vai fiscalizar qualidade dos serviços de telefonia móvel

A fiscalização deverá ser feita por meio da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e não diretamente nas operadoras.

A fiscalização deverá ser feita por meio da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e não diretamente nas operadoras.

O Tribunal de Contas da União (TCU) vai fazer uma fiscalização sobre a qualidade da telefonia móvel no Brasil, conforme proposta apresentada pelo ministro Bruno Dantas, aprovada nesta quarta-feira (11) pelo plenário da Corte. A fiscalização deverá ser feita por meio da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e não diretamente nas operadoras.
Dantas argumentou que o número de clientes de celular vem crescendo no país, enquanto a qualidade percebida pelos usuários está caindo, conforme se verifica nas estatísticas de reclamações dos Procons de todo o país. ?Tendo em vista a evolução do setor de telecomunicações nos últimos dez anos, vislumbro como oportuna uma nova fiscalização para avaliar a qualidade dos serviços aos usuários?, disse o ministro. Ontem (10), a Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle do Senado aprovou requerimento do senador Otto Alencar (PSD-BA) para que o TCU fiscalize as operadoras de telefonia móvel.
Dantas também propôs uma avaliação sobre as políticas públicas do governo federal relacionadas à inclusão digital, identificando os principais problemas e ações necessárias. Ele sugeriu a realização de um evento sobre o tema ainda este ano no TCU.

Comentários

Sobre o autor

André Ribeiro

Designer do portal Últimas Notícias, especializado em ricas experiências de interação para a web. Tecnófilo por natureza e apaixonado por design gráfico. É graduado em Bacharelado em Sistemas de Informação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

TCU vai fiscalizar qualidade dos serviços de telefonia móvel

A fiscalização deverá ser feita por meio da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e não diretamente nas operadoras.

A fiscalização deverá ser feita por meio da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e não diretamente nas operadoras.

O Tribunal de Contas da União (TCU) vai fazer uma fiscalização sobre a qualidade da telefonia móvel no Brasil, conforme proposta apresentada pelo ministro Bruno Dantas, aprovada nesta quarta-feira (11) pelo plenário da Corte. A fiscalização deverá ser feita por meio da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e não diretamente nas operadoras.

Dantas argumentou que o número de clientes de celular vem crescendo no país, enquanto a qualidade percebida pelos usuários está caindo, conforme se verifica nas estatísticas de reclamações dos Procons de todo o país. “Tendo em vista a evolução do setor de telecomunicações nos últimos dez anos, vislumbro como oportuna uma nova fiscalização para avaliar a qualidade dos serviços aos usuários”, disse o ministro. Ontem (10), a Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle do Senado aprovou requerimento do senador Otto Alencar (PSD-BA) para que o TCU fiscalize as operadoras de telefonia móvel.

Dantas também propôs uma avaliação sobre as políticas públicas do governo federal relacionadas à inclusão digital, identificando os principais problemas e ações necessárias. Ele sugeriu a realização de um evento sobre o tema ainda este ano no TCU.

Redação do Jornal Nova Imprensa Agência Brasil

Comentários

Sobre o autor

André Ribeiro

Designer do portal Últimas Notícias, especializado em ricas experiências de interação para a web. Tecnófilo por natureza e apaixonado por design gráfico. É graduado em Bacharelado em Sistemas de Informação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.