O ex-governador de Minas Gerais e ex-presidente do PSDB Eduardo Azeredo pode ser preso nesta terça-feira (24). Os recursos apresentados pelo político, que governou o Estado de 1995 a 1999, serão julgados hoje pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG).

Ele foi condenado em dezembro de 2015 pelos crimes de peculato e lavagem de dinheiro, no processo do chamado “mensalão mineiro”.

O processo já passou pela segunda instância, em agosto do ano passado, quando o tucano foi condenado a cumprir uma pena de 20 anos e um mês de prisão.

A denúncia contra o ex-governador ocorreu em 2007, quando ele foi acusado de desviar recursos de empresas estatais e utilizar verba não declarada na campanha pela reeleição ao Governo de Minas.

(Foto: divulgação)

 

 

 

Fonte: Hoje em Dia ||

Comentários