Uma pessoa morreu após entrar em um motor de avião em funcionamento no aeroporto de Schiphol, em Amsterdã, na Holanda, nesta quarta-feira (29).

A aeronave foi fabricada pela Embraer e pertence à KLM, que confirmou a morte. Ainda não havia informações sobre a identidade da vítima até a última atualização desta reportagem.

O aeroporto de Schiphol também confirmou o caso, que havia sido noticiado mais cedo pela imprensa holandesa.

Os passageiros e a tripulação já haviam embarcado na aeronave quando o incidente ocorreu, e alguns deles testemunharam o incidente, segundo um comunicado do aeroporto holandês.

Na nota, a direção de Schiphol disse também ainda não saber as circunstâncias que levaram a vítima a entrar no motor em funcionamento.

Uma das suspeitas é que a pessoa tenha sido sugada para dentro. A KLM disse que abriu uma investigação para apurar o caso. O Conselho de Segurança da Holanda e a Polícia Real Militar também investigam o ocorrido.

Hoje, houve um incidente terrível no qual uma pessoa terminou no motor de um avião. Nossos pensamentos vão para os parentes e nos preocupamos com passageiros e colegas que testemunharam o caso. A Polícia Real Militar está atualmente conduzindo uma investigação“, disse, em comunicado, a direção do aeroporto de Schiphol.

O avião, um Embraer modelo E190, iria de Amsterdã até a cidade de Billund, na Dinamarca, ainda de acordo com sites de notícias da Holanda.

 

Fonte: G1

COMPATILHAR: