Na reunião de segunda-feira (10), na Câmara Municipal, os vereadores aprovaram o Projeto de Lei 424/2011, que autoriza o Poder Executivo a celebrar convênio e a conceder subvenção social à Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Formiga (Apae). O valor do repasse é de R$18.709,60.
O projeto visa auxiliar as atividades da entidade, por meio do programa de Apoio às Entidades de Assistência Social (PSE).
Na ocasião, o vereador José Geraldo da Cunha (Cabo Cunha/PMN) cobrou da administração municipal a instalação da Casa de Apoio em Belo Horizonte. ? Tem uma senhora em Formiga com um número de filhos especiais. Ela e seu marido saem da cidade às 4h para irem até a capital, para serem atendidos às 17h e chegam aqui por volta das 22h. O prazo do Ministério Público para que o executivo pronuncie sobre a Casa de Apoio em Belo Horizonte já está vencendo. Quero insistir para que o prefeito se sensibilize com essas pessoas especiais?.
De acordo com Gonçalo Faria/PSB, a verba destinada à Apae vem direto da Secretaria de Desenvolvimento Humano. ?Esse recurso tem que ser aplicado e prestado conta para que, no próximo ano, nós possamos entrar com novos recursos para que a Apae possa dar manutenção. Quero dizer aos Apaeanos que precisamos continuar trabalhando para aquela escola?, disse

COMPATILHAR: