Há duas propostas que permeiam o livro “Notas de um Tempo Silenciado” (Edições Besouro Box). A primeira é dar voz a pessoas que sofreram na pele a violência da ditadura militar brasileira (1964-1985). A segunda é expor os relatos em quadrinhos.

A obra apresenta 13 histórias curtas. À exceção da última, que faz um resgate da trajetória do autoritarismo no país, as narrativas retratam diferentes personagens reais que vivenciaram o período.

“O livro conta histórias de índios, guerrilheiros, mulheres, negros, ou seja, minorias que, por alguma razão, tiveram suas vidas condicionadas pelo regime ditatorial”, diz o autor, Robson Vilalba.

“Eu queria contar histórias que escapassem do lugar-comum. Como o militar reprimido pelo golpe ou o guerrilheiro que traiu a guerrilha”.

Artista gráfico e sociólogo, ele afirma que teve de se valer de diferentes fontes para compor as narrativas. O contato com os sobreviventes foi uma delas. No caso em que pessoas haviam sido assassinadas, teve de se valer de notícias, trabalhos acadêmicos ou levantamentos da Comissão Nacional da Verdade.

As  páginas finais do livro trazem notas de como se deu o processo de apuração e de contato com sobreviventes.

O trabalho, que mescla jornalismo com quadrinhos, rendeu a Vilabella o prêmio Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos na categoria artes. Atrativo à comercialização da obra, a informação está no alto da capa do livro.

“Acho que outra pessoas podem se sentir motivadas a publicar jornalismo em formato de HQ”, diz Vilabella, que pretende continuar a aposta nesse forma. Este é o primeiro livro em quadrinhos da Edição Besouro Box após fusão com outra editora do segmento, a 8Inverso.

A lista de lançamentos para esse semestre inclui dois trabalhos estrangeiros: o francês “O Trem dos órfãos”, de Philippe Charlot e Xavier Fourquemin e o alemão “Berlinoir”, de Reinhard Kleist e Tobias O. Meissner.

 Notas de um Tempo Silenciado

Autor: Robson Vilabella

Editora: Edições Besouro Box

 

Quanto: R$ 38  (104 págs.)

Folha de São Paulo

Comentários