A cidade turística de Capitólio-MG acaba de receber o primeiro ponto de recarga gratuito para veículos elétricos totalmente movido à energia solar. Por meio da iniciativa da rede de franquias de energia solar Solarprime e do Grupo Turvo, dois carregadores de 7kW do modelo monofásico foram instalados no Restaurante do Turvo, importante ponto turístico da região de Capitólio, localizado na Rodovia MG 050, Km 306, no Turvo.

O objetivo da iniciativa é oferecer a comodidade e praticidade para que os turistas e moradores da região possam carregar gratuitamente os veículos elétricos e híbridos plug-in. Segundo dados do Denatran (Departamento Nacional de Trânsito), Minas Gerais ocupa, atualmente, o segundo lugar como o estado que mais possui veículos elétricos no Brasil, somando um total de 9,5 mil unidades.

Para o dono do restaurante do Turvo Kaio Heitor Pádua, a ideia é suprir não só a demanda dos moradores da cidade, mas proporcionar aos turistas um benefício claro e que possa beneficiar o meio ambiente, contribuindo para diminuição na emissão de poluentes. “Recebemos muitos turistas das cidades de Campinas (SP) e Ribeirão Preto (SP), que juntas contam com mais de 2,6 mil veículos elétricos. Existe uma demanda crescente e idealizamos junto com a Solarprime essa opção para garantir mais conforto aos nossos clientes e turistas que vêm visitar Capitólio para que carreguem seus veículos enquanto passeiam e possam voltar para casa com segurança”, afirmou Pádua.

O modelo de carregador monofásico instalado no restaurante tem tempo de carregamento total bem ágil se comparado a uma recarga comum (cerca de 20h em uma tomada residencial) e pode variar entre 6h e 12 horas, dependendo do tipo de bateria de cada veículo. Os carregadores são alimentados pela energia gerada nas placas solares do restaurante, no entanto, uma mini usina solar foi instalada pela Solarprime e estará ativa a partir do mês de abril.

Para o sócio fundador da Solarprime, o passense Raphael Brito, Capitólio é uma cidade que já possui estrutura para receber veículos e pode se tornar um importante “corredor elétrico”, ligando a região turística a grandes cidades. “Minas Gerais é um estado com grande potencial e teve uma crescente no número de veículos elétricos nos últimos anos. A ideia é continuar a parceria instalando outros pontos de recarga no estado, agregando valor aos estabelecimentos comerciais e oferecendo um novo serviço que irá contribuir para o meio ambiente. Além disso, esses comércios poderão ter uma economia muito importante a longo prazo, instalando miniusinas como fizemos no restaurante”, enfatiza Brito.

A usina de solo instalada no restaurante do Turvo conta com 102 painéis solares de 550 Wp de potência, totalizando 56,1 kWp de capacidade instalada. O sistema fotovoltaico vai gerar uma média de 7.262 kWh/mês, o que dará, em média, uma economia de R$ 5,5 mil, por mês.

Fonte: Jornal Ponto

COMPATILHAR: